Aponte as causas da inflação brasileira de acordo

  • No School
  • AA 1
  • lidia_el16
  • 41

This preview shows page 37 - 38 out of 41 pages.

2. Aponte as causas da inflação brasileira, de acordo com as seguintes correntes: a) Neoliberal:Durante todo o período de 1964-1973, o diagnostico para as causas da inflação brasileira utilizava a linha de pensamento econômicoortodoxa/neoliberal, que atribuía ao excesso de demanda, associado ao desequilíbrio das contas públicas, a responsabilidade peloprocesso inflacionário. O principal mecanismo de política econômica de combate à inflação para essa corrente estava na redução dademanda agregada, com a redução dos gastos do governo (e a consequente redução do tamanho de Estado), com uma política salarialrestritiva e controle da oferta monetária.b) Inercialista:Os pressupostos teóricos dessa teoria eram os de que a economia brasileira se encontrava altamente indexada, ou seja, todos osnegócios, contratos etc. eram os firmados com base num índice que procurava garantir a correção monetária dos valores envolvidos.Dessa forma, todos os aumentos de preços da economia, gerando um processo automático de realidade da inflação.c) Estruturalista:Havia também a chamada corrente estruturalista ou cepalina, que supunha que a inflação em países em via de desenvolvimento eraessencialmente causada por pressões de custos. Os estruturalistas supõem que as causas da inflação de localizam no comportamento dosetor privado (oligopólios, latifúndios) e não do setor público. A formação ideológica desses economistas, com grande influência socialistae marxista, tornou-se ferrenhos defensores de uma economia mais centralizada, baseada em planejamento e grande participação doEstado. 3. Explique qual o efetivo provável de uma política de estabilização de preços sobre o grau de distribuição pessoal de renda.Podemos pensar que se os todos o preço se elevassem (impostos, salários, aluguéis, tarifas e preços públicos, preços de bens e serviços)às mesmas taxas, ninguém sairia perdendo, ocorreria somente uma elevação dos preços gerais, mas não se alterariam os preços relativos. 4. Supondo uma economia com déficit público relativamente elevado, o que deve ocorrer com as taxas de inflação se o governo emitirmoeda para cobri-lo? 5. Suponha a mesma economia de déficit público relativamente elevado da questão anterior. Se o governo emitir títulos para cobri-lo,mostre de que forma pode ser possível manter taxas de inflação relativamente baixas.Pela corrente estruturalista, através de reformas estruturais (por exemplo, a reforma agrária) e pelo controle de preços dos setoresoligopolizados. Pela corrente ortodoxa, pela redução da demanda agregada, com a redução dos gastos do governo (e a consequenteredução do tamanho do Estado), com uma política salarial restritiva e controle da oferta monetária. O plano cruzado procurou rompercom o mecanismo de propagação da inflação, congelando os preços, os salários e o cambio, numa tentativa de eliminar a “memória”inflacionária. Outra forma de combate a inflação é uma rígida política monetária, fiscal e salarial.QUESTÕES PROPOSTAS 1. Se todos os preços subirem, pode-se ter certeza que houve inflação? RESPOSTA: alternativa
Background image
Image of page 38

You've reached the end of your free preview.

Want to read all 41 pages?

  • Fall '19

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture