A determinação do valor médio do índice de

Info icon This preview shows pages 619–621. Sign up to view the full content.

postos circunvizinhos. A determinação do valor médio do índice de erosividade por meio da relação entre a média mensal e a média anual de precipitação, conforme expresso pela Equação 2, foi proposta por Lombardi Neto e Moldenhauer (1992). Para determinação do fator R da EUPS, soma-se o resultado dos valores mensais do índice de erosividade em cada estação, conforme mostrado na Equação 3, a seguir. EI 30 = 67.355 ( ) r 2 P 0.85 (3) em que: EI 30 é a média mensal do índice de erosividade, em MJ.mm/(ha.h); r é a média do total mensal de precipitação, em mm; P é a média do total anual de precipitação, em mm.
Image of page 619

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 590 Para a aplicação desse fator na avaliação da capacidade de infiltração, é preciso enten- der que, da forma como foi definido, ele é tanto maior quanto maior for a concentração das chuvas. Assim, para o caso da capacidade de infiltração da água no solo, faz-se necessário ajustá-lo de modo que seja tanto maior quanto melhor for a distribuição das chuvas durante o ano, pois chuvas de pequena intensidade bem distribuídas ao longo do ano implicam uma maior capacidade de infiltração. No entanto, para o caso específico aqui analisado, a variação da erosividade da chuva não foi grande; por não haver ainda uma formulação específica para a capacidade de infiltração de água no solo, admitiu-se que essa capacidade pode ser conside- rada constante em toda a área. O fator R (erosividade da chuva) da EUPS foi obtido utilizando o aplicativo de geoes- tatística espacial, o interpolador “Inverso da Distância Ponderada” do ArcGis, a partir dos dados calculados de erosividade da chuva e das coordenadas geográficas da estações pluvio- métricas, em que se produziu o fator R em forma de imagem. A Tabela 2 apresenta os valores de erosividade da chuva obtidos com base nos dados das estações pluviométricas usadas no estudo. Tabela 2. Valores de erosividade da chuva (fator R). Nome da Estação Latitude (Sul) Longitude (Oeste) Erosividade (MJ.mm/ha.h) Contagem 15 o 39' 11'' 47 o 52' 44'' 8338,97 Brazlândia 15 o 40' 50'' 48 o 12' 08'' 8565,14 Gama 15 o 59' 13'' 48 o 03' 01'' 8397,58 Taguatinga 15 o 47' 34'' 48 o 07' 03'' 8222,48 Descoberto 15 o 46' 49'' 48 o 13' 49'' 7706,07 Jatobazinho 15 o 42' 43'' 48 o 05' 33'' 8120,85 Riacho Fundo 15 o 53' 54'' 48 o 02' 37'' 8127,22 UnB 15 o 44' 20'' 48 o 06' 25'' 7628,33 Fazenda Sta Eliza 15 o 35' 48'' 48 o 02' 35'' 8387,18 Luziânia 16 o 15' 0'' 47 o 57' 44'' 7478,69 São Bartolomeu 16 o 32' 16'' 47 o 48' 20'' 7414,39 Cristalina 16 o 45' 23'' 47 o 36' 22'' 8192,30 Mingone 16 o 09' 21'' 47 o 56' 12'' 8257,62 Fazenda Buriti 16 o 54' 47 o 55' 7957,61 INPE 16 o 21' 47'' 48 o 05' 23'' 9235,68 Ponte Anápolis 16 o 05' 0'' 48 o 30' 00'' 8057,84 Vianópolis 16 o 44' 47'' 48 o 31' 29'' 9406,60 b) Produção do mapa de erodibilidade e infiltrabilidade do solo (fator K): Os valores do fator K (erodibilidade e infiltrabilidade do solo) da EUPS para a área de estudo foram obtidos com base no mapa pedológico e em dados de bibliografias correlatas (BERTONI e LOMBARDI NETO, 1990). A Tabela 3 apresenta os valores de erodibilidade e infiltrabilidade do solo obtidos na área de estudo, a partir dos quais, por meio da função de conversão de feições em polígonos do ArcGis, produziu-se o fator K em forma de imagem.
Image of page 620
Image of page 621
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern