Observe no programa exemplo e0101cpp as linhas de

This preview shows page 5 - 7 out of 7 pages.

Observe no programa exemplo e0101.cpp as linhas de comentários colocadas a direita dos comandos. 5
Image of page 5

Subscribe to view the full document.

Exemplo: // este e´ um comentário valido apenas em C++ 1.3.3 Diretivas de Compilação Em C, existem comandos que são processados durante a compilação do programa. Estes comandos são genericamente chamados de diretivas de compilação . Estes comandos informam ao compilador do C basicamente quais são as constantes simbólicas usadas no programa e quais bibliotecas devem ser anexadas ao programa executável. A diretiva #include diz ao compilador para incluir na compilação do programa outros arquivos. Geralmente estes arquivos contem bibliotecas de funções ou rotinas do usuário. Voltaremos a trabalhas esta diretiva com mais detalhe no capítulo 5. A diretiva #define diz ao compilador quais são as constantes simbólicas usadas no programa. Veremos sobre esta diretiva no capitulo 2. 1.3.4 Declaração de variáveis Em C, como na maioria das linguagens, as variáveis devem ser declaradas no inicio do programa. Estas variáveis podem ser de vários tipos: int (inteiro), float (real de simples precisão) e outras que serão vistas no capitulo 2. No exemplo acima num , raiz , inf e sup são declaradas como variáveis reais, enquanto i é declarada como uma variável inteira. 1.3.5 Entrada e saída de dados Em C existem varias maneiras de fazer a leitura e escrita de informações. Estas operações são chamadas de operações de entrada e sadia. Veremos no capitulo 3 algumas funções de entrada e sadia de informações via teclado e tela. Outras funções de leitura e escrita em arquivos, sadia gráfica, funções de manipulação de mouse, entrada e sadia de informações via portas serial e paralela serão vistas em capítulos posteriores. No exemplo acima printf é uma função de escrita na tela, scanf é uma função de leitura de teclado. 1.3.6 Estruturas de controle A linguagem C permite uma ampla variedade de estruturas de controle de fluxo de processamento. Estas estruturas serão vistas em detalhes nos capítulos 4 e 5. Duas estruturas das estruturas básicas (decisão e repetição) são muito semelhantes as estruturas usadas nas Pseudo- linguagem algorítmicas: 6
Image of page 6
Estrutura de Decisão: Permite direcionar o fluxo lógico para dois blocos distintos de instruções conforme uma condição de controle. Pseudo-linguagem Linguagem C se condição if ( condição ){ então bloco 1 bloco 1 ; senão bloco 2 } else { fim se bloco 2 ; }; Estrutura de Repetição: Permite executar repetidamente um bloco de instruções ate que uma condição de controle seja satisfeita. Pseudo-linguagem Linguagem C faça do { bloco bloco ; até condição } while ( condição ); 7
Image of page 7

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern