Eu henry e o sr roderick ficamos a ver os castelhanos

Info icon This preview shows pages 28–30. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
todos sérios por terem sido lembrados da fragilidade da vida. Eu, Henry e o sr. Roderick ficamos a ver os castelhanos realizarem seus ritos mortuários católicos para seu compatriota antes de amarrar o saco e lançar o corpo no mar, em meio a lágrimas e exclamações dolorosas de adiós ! “Latinos passionais”, observou Henry, desejando-me as boas-noutes pela segunda vez. Eu ansiava por compartilhar o segredo do índio com meu amigo, porém contive meu ímpeto, para não torná-lo também cúmplice. Voltando daquela cena melancólica, vi uma lanterna luzindo na cozinha. Finbar dorme lá para “afastar os ladrões”, mas também ele havia sido despertado pela movimentação daquela noute. Ocorreu-me que o clandestino talvez estivesse sem comer há um dia e meio, uma ideia que me preocupou, pois a que depravação bestial o estômago vazio não poderia levar um selvagem? Aquela minha ação talvez testemunhasse contra mim no dia seguinte, mas assim mesmo disse ao cozinheiro que não conseguia dormir por estar com muita fome e (pagando dobrado “por causa que a hora é muito imprópia ”) obtive um prato de chucrute, salsicha e pãezinhos duros como balas de canhão. Retornando ao confinamento de meu camarote, recebi o agradecimento do selvagem, que devorou aquele humilde repasto como se fora um banquete presidencial. Não confessei meus verdadeiros motivos, a saber, que quanto mais cheio estivesse seu estômago, menor a probabilidade de que ele me devorasse; assim, perguntei-lhe por que, quando estava sendo açoitado, havia sorrido para mim. “Dor forte, sim — mas olhar amigo, mais forte.” Retruquei que ele nada sabia a meu respeito, tal como eu nada sabia sobre ele. O índio apontou para seus próprios olhos e depois para os meus, como se aquele gesto simples explicasse tudo. O vento intensificou-se no decorrer do quarto de meia-noute às quatro, fazendo ranger a madeira e atiçando o mar e molhando os conveses. Em pouco tempo começou a gotejar água dentro de meu caixão, escorrendo pelas paredes
Image of page 28

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
e salpicando meu lençol. “Você devia ter escolhido um lugar mais seco para se esconder”, sussurrei, para ver se o clandestino estava acordado. “Melhor protegido que seco, sr. Ewing”, murmurou ele, alerta tal como eu. Por que, indaguei, ele fora surrado de modo tão brutal na aldeia indígena? Fez-se um longo silêncio. “Já vi muito mundo, não sou escravo bom.” Para evitar o enjoo durante aquelas horas terríveis, fiz com que o clandestino me contasse sua história. (Não posso negar que, além disso, estava curioso.) Ele fez seu relato de modo entrecortado em sua língua precária, portanto tentarei apresentar aqui apenas um resumo. Os navios dos brancos trouxeram vicissitudes à velha Rēkohu, tal como me relatara o sr. D’Arnoq, mas também maravilhas. Na infância, meu clandestino, Autua, ansiava por aprender mais cousas a respeito daquela gente pálida que viera de lugares cuja existência, no tempo de seu avô, fazia parte da esfera dos mitos. Segundo Autua, seu pai fora um dos nativos que a expedição do capitão
Image of page 29
Image of page 30
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern