Uma situação problemática para projeto de filtros

Info icon This preview shows pages 354–356. Sign up to view the full content.

Uma situação problemática para projeto de filtros pode ocorrer em solos residuais, onde grandes partículas de solo, na verdade, podem ser formadas por grumos de partículas finas (PALMEIRA e GARDONI, 1998). Como os critérios de filtros são baseados nas dimensões de partículas de solo, a forma como as dimensões são obtidas é importante para a seleção do filtro de geotêxtil a ser usado no projeto. Tabela 2. Algumas condições que podem sugerir comportamento internamente instável de um solo. Condição Observações Referência Solo descontínuo (com faixa granulométrica faltando) Giroud (1982) e vários outros. Curva granulométrica com concavidade voltada para cima Lafleur(1999). C c > 7 C c =D 2 30 /D 60 D 10 Bhatia e Huang (1995) C u elevado C u = D 60 /D 10 Giroud (1982) Se os 30% menores grãos do solo não atendem à condição W 4D > 2,3 W D Kenney e Lau (1985) Notas: C c = coeficiente de curvatura do solo; C u = coeficiente de uniformidade; D 10 , D 30 e D 60 = diâme- tros dos grãos correspondentes a 10, 30 e 60% passando; W 4D e W D = percentagens em peso de grãos menores que os diâmetros D e 4D, respectivamente. Os geossintéticos que exercem a função de filtros em uma obra de drenagem devem satisfazer aos critérios de retenção, permeabilidade, colmatação e sobrevivência à instalação, que são descritos a seguir. 3.2.1 Critério de retenção O critério convencional de retenção compara a abertura de filtração característica do geossintético (O 90 ) com a dimensão representativa das partículas constituintes do esqueleto sólido do solo. Tal critério é baseado em: FOS < x d m (5)
Image of page 354

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 324 em que: FOS é a abertura de filtração do geotêxtil; x é um fator semiempírico e d m é o diâmetro da partícula a ser retida (m% das partículas têm diâmetro menor que d m ). Comumente se uti- liza o valor de d 85 do solo com base no critério de retenção; mas isso pode variar entre autores. 3.2.2 Critério de permeabilidade Geralmente, o critério de permeabilidade é baseado em: k G > x k s (6) em que: k G é a condutividade hidráulica do geossintético; x é um número que depende das condições em que o filtro trabalhará, e k s é a condutividade hidráulica do solo. 3.2.3 Critério de colmatação Para que um filtro de geotêxtil possa reter satisfatoriamente um solo, algumas condições são requeridas (GIROUD, 1994): • o solo deve estar em contato íntimo com o filtro de geotêxtil, não havendo espaço aberto entre o solo e o geotêxtil onde as partículas possam se mover ou acumular; • o solo deve ter uma distribuição de tamanho de partículas contínua (solo bem graduado) e estar no estado denso, o que assegura uma interunião máxima entre as partículas de solo; • as aberturas do filtro de geotêxtil devem ser apropriadas de forma a evitar a sua col - matação.
Image of page 355
Image of page 356
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern