O conceito domínio hidrogeológico como utilizado no

Info icon This preview shows pages 130–133. Sign up to view the full content.

O conceito Domínio Hidrogeológico, como utilizado no mapa, foi adotado como sendo Grupos de unidades geológicas com afinidades hidrogeológicas, definidos principalmente a
Image of page 130

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 98 partir das características litológicas das rochas. Dentro do conceito utilizado, as unidades geológicas do país foram reunidas em sete grandes domínios hidrogeológicos: a) Formações Cenozoicas;  b) Bacias Sedimentares;  c) Poroso / Fissural;  d) Metassedimentos / Metavulcânicas; e) Vulcânicas; f) Cristalino; g) Carbonatos / Metacarbonatos. Figura 6. Domínios Aquíferos do Brasil (Bonfim – CPRM/SGM-MME, 2007). 7 Considerações finais A infiltração das águas é um aspecto importante da gestão de aquíferos. A caracteriza- ção hidrogeológica dos aquíferos, como solos e rochas que são os repositórios das águas que infiltram, é a condição básica para essa gestão.
Image of page 131
Aspectos geológicos e infiltração 99 Caracterizar hidrogeologicamente um aquífero é conhecer suas dimensões geométricas, sua litologia, suas estruturas, seu fluxo subterrâneo, suas áreas de recarga naturais e os pro- cessos do meio físico, condicionados por aquíferos, com a noção de seus respectivos riscos à contaminação e ao rebaixamento do nível freático, avaliando-se assim os danos potenciais à sociedade, caso em sua gestão não sejam observadas tais características. A gestão dos aquíferos apoia-se na base legal, na estrutura institucional, no conhecimen- to técnico-científico, no ensino e na transferência desse conhecimento em linguagem acessí- vel ao universo do não especialista e na participação das comunidades de forma consciente e cidadã. Somente dessa forma será possível a adoção de práticas adequadas que minimizem ou evitem a deflagração de problemas, atuando-se de forma preventiva quanto à gestão dos ter- renos, nos seus aspectos dos solos e da infiltração das águas subterrâneas. Referências bibliográficas AZEVEDO, A. A.; ALBUQUERQUE FILHO, J. L. (1998). Águas subterrâneas. In : OLIVEI- RA, A. M. S.; BRITO, S. N. A. (ed.). Geologia de engenharia. São Paulo: Associação Brasileira de Geologia de Engenharia. p. 111-130. BONFIM, L. F. CPRM. (2007). Mapa de domínios aquíferos do Brasil. 1:1.000.000. 43 Folhas Cartográficas. CAMPOS J. E. G.; FREITAS-SILVA F. H. (1998). Hidrogeologia do Distrito Federal. In : In- ventário hidrogeológico e dos recursos hídricos superficiais do Distrito Federal. Parte I, v. II. IEMA-SEMATEC/ Universidade de Brasília. 66 p. CAMPOS, J. E. G. (2004). Hidrogeologia do Distrito Federal: bases para a gestão dos recursos hídricos subterrâneos. Revista Brasileira de Geologia. v. 34, n. 1, p. 41-48, mar. 2004. DINIZ, N. C. et al. (2006). Programa pluri anual PPA: projeto SIG hidrogeológico do Brasil.
Image of page 132

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Image of page 133
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern