Interromper mas o homem estava tão mergulhado na sua

Info icon This preview shows pages 50–52. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
interromper, mas o homem estava tão mergulhado na sua música que não percebeu. Mergulhei na mais profunda melancolia enquanto Ayrs continuava a cantarolar, mais e mais e mais… Meu plano não daria em nada. Mas que ideia maluca fui ter lá na Victoria Station! Desanimado, deixei que Ayrs chegasse até o final na vaga esperança de que, quando ele tivesse o trecho completo em sua cabeça, seria mais fácil repetir tudo depois. “Pronto, terminei!”, ele proclamou. “Pegou? Cantarole para mim, Frobisher, para ver como ficou.” Perguntei qual era o tom. “Si bemol, é claro !” Compasso? Ayrs apertou o nariz. “Você está me dizendo que perdeu minha melodia?” Com um esforço, disse a mim mesmo que ele não estava sendo nada razoável. Pedi-lhe que repetisse a melodia, muito mais devagar, dando o nome das notas, uma por uma. Houve uma pausa tensa que pareceu durar mais ou menos três horas, durante a qual Ayrs parecia estar pensando se devia ou não ter um chilique. No final, limitou-se a soltar um suspiro de mártir. “Quatro por oito, mudando para oito por
Image of page 50

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
oito depois do décimo segundo compasso, se você consegue contar até doze.” Pausa. Lembrei-me das minhas dificuldades financeiras e mordi o lábio. “Vamos voltar ao início, então.” Pausa condescendente. “Está pronto agora? Devagarinho … Tá! Que nota é essa?” Atravessei uma terrível meia hora tentando adivinhar cada nota, uma por uma. Ayrs confirmava ou rejeitava minha adivinhação com um movimento cansado de cabeça, na vertical ou na horizontal. Mme. C. trouxe um vaso de flores e eu fiz cara de S.O.S., mas o próprio V. A. afirmou que por hoje estava bom. Enquanto eu fugia, ouvi Ayrs dizer (para que eu ouvisse?): “É um caso perdido, Jocasta, o rapaz não consegue anotar uma melodia simples. Melhor eu virar vanguardista, escrever as notas em papeizinhos e tentar acertar dardos neles”. No corredor, a sra. Willems — a governanta — queixa-se do tempo úmido e chuvoso, da roupa lavada que não seca, para alguma criada inferior invisível. A situação dela é melhor que a minha. Já manipulei gente movido pela ambição, pela luxúria ou pela necessidade de um empréstimo, mas nunca para ter um lugar para dormir. Esse château podre cheira a cogumelos e mofo. Eu não tinha nada que ter vindo para cá. Saudações, R. F. P.S. “Constrangimento financeiro”, a expressão é perfeita. Não admira que todos os pobres sejam socialistas. Olhe, vou ter que lhe pedir um empréstimo. O regime aqui em Zedelghem é o mais relaxado que já vi (felizmente! O guarda- roupa do mordomo do meu pai está mais bem abastecido do que o meu no momento), mas há que manter alguns padrões mínimos. Não posso nem dar gorjetas para os criados. Se eu ainda tivesse algum amigo rico, pediria a ele, mas a verdade é que não tenho mais nenhum. Não sei como mandaria o dinheiro, via telégrafo, ou num envelope, ou sei lá o que, mas você é um cientista, dê um jeito qualquer. Se Ayrs me pedir para ir embora, estou frito. Toda Cambridge ficaria
Image of page 51
Image of page 52
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern