Sentar se às mesas das comedorias em vez de limp?

Info icon This preview shows pages 230–232. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
como vivem os puros-sangues? Sentar-se às mesas das comedorias em vez de limpá-las? Kyelim~889 queria tanto me agradar! Disse: “As servidoras comem Sabão!”. Sim, insisti, mas ela não queria conhecer o Lá-Fora? A expressão da servidora deve ter sido semelhante à minha quando Yoona~939 pronunciava seus desvios. Disse ela: “As servidoras só vão Lá-Fora quando se dozestrelam”. Uma jovem consumidora com cachos de zinco e unhas de plectro me
Image of page 230

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
cutucou. “Se você quer provocar essas fabricantes burras, faça isso numa manhã de Primeiro Dia, não numa Nona Noite. Eu preciso ir às galerias antes do recolher, está bem?” Mais que depressa, pedi suco de rosa e gengivas de tubarão a Kyelim~889. Lamentei Hae-Joo não estar a meu lado: eu temia que o Anel de Alma não funcionasse direito e revelasse que eu era uma fabricante fujona. O Anel de Alma funcionou, mas as minhas perguntas aviam me marcado como uma criadora de casos. “Vá sobrestratar suas fabricantes!”, rosnou o namorado da consumidora, quando passei por ele com minha bandeja. Abolicionista .” Os outros puros-sangues da fila olharam para mim quando passei por eles, preocupados, como se eu tivesse uma doença contagiosa. Hae-Joo tinha encontrado uma mesa livre no quadrante oeste. Quantas dezenas de milhares de vezes eu avia limpado aquela superfície? Hae-Joo perguntou-me, delicadamente, se eu tinha descoberto alguma coisa valiosa. Cochichei: “Aqui nós não passamos de escravas por doze anos”. O pós-grad da Unanimidade coçou a orelha e verificou se avia alguém nos escutando. Bebeu um gole de suco de rosa, concordando com a cabeça. Ficamos dez minutos vendo AdV, sem dizer nada. Q uer dizer que a visita ao Papa Song’s foi… um anticlímax? Você achou a “chave” do seu eu ascendido? Creio que a chave era que não havia chave alguma. No Papa Song’s eu fora escrava; em Taemosan era uma escrava um pouco mais privilegiada. Porém aconteceu mais uma coisa quando voltávamos para o elevador. Reconheci a esposa do meu exec, trabalhando em seu sony. Pronunciei seu nome em voz alta: “Sra. Ree”. Aquela mulher imaculadamente orvalhodrogada levantou a vista com um sorriso perplexo formado por lábios lascivos, remodelados. “Eu já fui a sra. Rhee, mas agora sou a sra. Ahn. Meu primeiro esposo faleceu afogado num acidente de pesca no ano passado.” “Ah”, exclamei. “Que coisa terrível.” A sra. Ahn me perguntou se eu conhecera bem seu falecido marido. Mentir não é tão fácil como os puros-sangues dão a entender. A sra. Ahn repetiu a pergunta. “Minha mulher trabalhou como padronizadora de qualidades na Corp antes de nos casarmos”, Hae-Joo apressou-se a explicar, acrescentando que a Chongmyo Plaza era sua área e que o Vedor Rhee fora um corpomem exemplar.
Image of page 231
Image of page 232
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern