E nas bioturbações oriundas de ações da

Info icon This preview shows pages 113–115. Sign up to view the full content.

e nas bioturbações oriundas de ações da vegetação, de térmitas e de outros animais e micro- organismos. Salienta-se que todas as propriedades do solo e deste com os demais elementos do meio físico, como clima, rocha, relevo e vegetação, dão-se por uma relação constante de equilíbrio
Image of page 113

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

A interação entre a geomorfologia e os processos de infiltração 81 que é variável no tempo. O relevo, em termos geológicos “está intimamente ligado ao fator tempo na gênese dos solos; é, portanto, de se esperar que, na paisagem brasileira, onde os processos de pedogênese são bastante ativos ele tenha um papel crítico como controlador do tempo de exposição aos agentes bioclimáticos” (REZENDE et al. , 1995, p. 133). Logo, enfati- zando o relevo como elemento importante no processo de infiltração, inevitavelmente se está tratando desses elementos e de suas relações, pois sua interação é intrínseca. Por exemplo, fa- lar que um topo plano influencia a infiltração ou que um topo convexo, uma escarpa ou mes- mo uma vertente convexa influencia o escoamento superficial é fazer referência ao respectivo tipo de solo que recobre essas formas. Nos topos planos, a característica topográfica favorece a infiltração; por conseguinte, a água que circula no maciço favorecerá o processamento de rea- ções químicas que resultam no intemperismo e na formação de mantos espessos de solo, uma vez que, nessa condição, a alteração intempérica é forte e o transporte mecânico de partículas na superfície menos importante. Nessas condições, o fluxo vertical favorecido impõe solubi- lizações e lixiviações mais significativas no plano horizontal. Esse plano submete-se de modo mais significativo ao fluxo, propiciando o surgimento de condições anisotrópicas de fluxo e de comportamento mecânico do maciço, e evolui ao longo do tempo até que os elementos estruturais de sustentação se rompam por diferentes motivos gerando subsidências (Figura 4). Figura 4. Mecanismo de degradação do maciço interpartículas ou interagregados devido a fluxo predo- minantemente vertical. Por outro lado, os relevos mais declivosos, até por uma questão de gravidade, dificul- tam a infiltração. Logo, a pouca presença de água circulando no maciço não favorece o in- temperismo, os solos que se formam são mais rasos, e o transporte mecânico de partículas pelo fluxo superficial se torna mais acentuado (Figura 5). Isso não significa que o pouco que infiltra ou o que provém por fluxo interno do topo do maciço não seja desencadeador de ins- tabilizações modeladoras do relevo. A zona de interface entre o material intemperizado e não intemperizado constitui-se, geralmente, pela baixa permeabilidade deste último, em região de acumulação de água, comprometendo as tensões efetivas atuantes e, portanto, a resistência ao cisalhamento do solo.
Image of page 114
Image of page 115
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern