Maciço como um todo com a frente de avanço da

Info icon This preview shows pages 274–278. Sign up to view the full content.

maciço como um todo com a frente de avanço da umidade situando-se um pouco abaixo do furo de ensaio. Com isso, praticamente perdeu-se o efeito da influência do intervalo de tempo decorrido entre as duas últimas etapas, mesmo assim aparecendo certa influência próxima à base do furo.
Image of page 274

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 244 Figura 7. Síntese da distribuição espacial da umidade: a) 18/09/2009; b) 22/09/2009; c) 30/09/2009; d) 15/10/2009; e) 15/11/2009.
Image of page 275
Avanço da frente de infiltração em solos profundamente intemperizados não saturados 245 Figura 8. Síntese da distribuição espacial da sucção: a) 18/09/2009; b) 22/09/2009; c) 30/09/2009; d) 15/10/2009; e) 15/11/2009.
Image of page 276

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

Tópicos sobre infiltração: teoria e prática aplicadas a solos tropicais 246 As curvas características de retenção de água mostradas na Figura 9 colocam em evi- dência a distribuição de poros bimodal para o perfil de solo nas profundidades ensaiadas. Essa estrutura é marcada por microporos no interior dos agregados e macroporos entre eles. É por esses macroporos que geralmente se dá o fluxo. Observa-se nesta figura que o término de entrada de ar nos macroporos se dá para aproximadamente 45% de grau de saturação e que a entrada de ar se dá para aproximadamente 28% de grau de saturação, ou seja, os poros intermediários não são muito significativos e o volume de macroporos é importante. Figura 9. Curvas características obtidas para o perfil de solo estudado. Após essa análise espacial, torna-se mais fácil discutir os resultados de infiltração pro- priamente ditos. Cabe lembrar que os ensaios de infiltração foram realizados permitindo re- baixamentos de 30 cm no nível d’água com medidas do tempo de ensaio a cada 5 cm. Ao se atingir os 30 cm de rebaixamento, novo ciclo de ensaio era iniciado, prosseguindo-se com o experimento até que o último ciclo tendesse à estabilização em relação ao penúltimo. Os resultados mostram que, para a primeira etapa, essa estabilização requereria maior tempo de ensaio que o adotado. A Figura 10 apresenta os resultados de taxa de infiltração obtidos nas etapas de ensaio em função do tempo acumulado em cada uma delas. Se associados esses resultados à loca- lização dos ensaios no contexto das distribuições de umidade (Figura 7) e sucção (Figura 8), torna-se possível verificar que o estado inicial do solo interfere diretamente na taxa de infiltração. Observa-se, por exemplo, que praticamente não se chegou à estabilização da taxa de infiltração no primeiro ensaio, tendo em vista o perfil encontrar-se muito ressecado. Já no segundo ensaio, realizado apenas três dias depois do primeiro, como o solo já se encontrava pré-umedecido, a estabilização se deu em curto espaço de tempo. No caso da infiltração da água da chuva a partir da superfície, é necessário que se leve ainda em conta o efeito tampo- nador e desagregador da frente gasosa sob pressão que se forma no contato com a frente de saturação (CAMAPUM DE CARVALHO, 2011).
Image of page 277
Image of page 278
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern