Minhas recentes aventuras transformaram me num

Info icon This preview shows pages 482–484. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
Minhas recentes aventuras transformaram-me num filósofo e tanto, especialmente à noite, quando o único som que me chega aos ouvidos é o riacho a transformar pedras em seixos ao longo de uma eternidade que não conhece pressa. Meus pensamentos fluem assim: os estudiosos percebem movimentos na história, e os formulam em regras que governam a ascensão e queda das civilizações. Já eu creio algo diferente, a saber: a história não admite regras, apenas resultados. O que precipita os resultados? Atos viciosos e atos virtuosos. O que precipita os atos? As crenças. As crenças são ao mesmo tempo prêmio e campo de batalha, dentro da mente e neste espelho da mente que é o mundo. Se cremos que a humanidade é uma escada de tribos, um coliseu de guerra, exploração e bestialidade, uma tal humanidade seguramente é criada, e então prevalecem os Horrox, os Boerhaave e os Goose da história. Nós, que temos dinheiro e privilégios, não nos sairemos muito mal neste mundo, desde que continue a nos favorecer a sorte. E, se a consciência nos incomoda, que importa? Por que solapar o império da nossa raça, das nossas canhoneiras, da nossa herança, do nosso legado? Por que lutar
Image of page 482

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
contra a ordem “natural” (palavra terrível!) das cousas? Por quê? Por isto: um belo dia, um mundo puramente predatório há de consumir-se a si próprio. O último que se dane, e assim será até que o primeiro se torne o último. Num indivíduo, o egoísmo enfeia a alma; na espécie humana, leva à extinção. Será essa a entropia inscrita na nossa natureza? Se cremos que a humanidade pode transcender a força bruta, se cremos que as diferentes raças e fés podem compartilhar este mundo de modo tão pacífico quanto os órfãos compartilham o pé de nogueira-de-iguape, se cremos que os líderes hão de ser justos, a violência contida, o poder responsável e as riquezas da Terra e de seus Oceanos compartilhada de modo equânime, um tal mundo há de realizar-se. Não estou me enganando. Sei que esse é o mais difícil dos mundos de se tornar real. Progressos tortuosos conquistados ao longo de várias gerações podem vir a se perder por um único movimento da pena de um presidente de visão curta, ou da espada de um general presunçoso. Dar forma a um mundo que quero que seja a herança de Jackson, e não um que eu tema que ele venha a herdar — isso me parece uma vida que vale a pena viver. Ao voltar a San Francisco, vou comprometer-me com a causa da Abolição, porque devo minha vida a um escravo que se libertou por si só, e porque tenho de começar em algum lugar. Já posso ouvir a reação de meu sogro. “Ah, belos sentimentos liberais, Adam. Mas não me venha falar em justiça! Vá para o Tennessee montado num burro e convença aqueles posseiros de que não passam de negros caiados, e de que os negros deles são brancos pintados de preto! Vá para o Velho Mundo e diga aos de lá que os direitos de seus escravos imperiais são tão inalienáveis quanto os da rainha da Bélgica! Ah, você há de ficar rouco, pobre e grisalho nos congressos!
Image of page 483
Image of page 484
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern