{[ promptMessage ]}

Bookmark it

{[ promptMessage ]}

Técnicas de Redação

Para nosso estudo presente interessa-nos duas

Info iconThis preview shows pages 3–5. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon

Info iconThis preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

Unformatted text preview: Para nosso estudo presente, interessa-nos duas modalidades: Linguagem culta ( sermo urbanus ou sermo eruditus ). Utilizam-na as classes intelectuais da sociedade, mais na forma escrita e, menos, na oral. É de uso nos meios diplomáticos e científicos, nos discursos e sermões, nos tratados jurídicos e nas sessões do tribunal. O vocabulário é rico e são observadas as normas gramaticais em sua plenitude. Linguagem coloquial ( sermo usualis ). Utilizada pelas pessoas que, sem embargo do conhecimento da língua, servem-se de um nível menos formal, mais cotidiano. É a linguagem utilizada no rádio, na televisão, nos meios de comunicação de massa tanto na forma oral quanto na escrita. Emprega-se o vocabulário da língua comum e a obediência às disposições gramaticais é relativa, permitindo-se construções próprias da linguagem oral. Aula 4 Linguagem de redação O texto deve primar por algumas qualidades básicas e necessárias para sua finalidade. Clareza. O concurso espera de você um texto rápido e claro. A mensagem deve primeiramente indicar ao leitor o pensamento básico e os argumentos sobre a idéia principal. Quem lê uma redação não pode se irritar e ficar procurando reler várias vezes para compreender uma simples idéia. A clareza na redação depende, antes de mais nada, da clareza do pensamento inicial: não se podem transformar idéias confusas em mensagens claras. Se não conhecemos o assunto abordado, conseguiremos, no máximo, comunicar nossa incompetência. Concisão. O tempo disponível que se tem para escrever não permite que você perca tempo com coisas sem importância para o desenvolvimento de sua idéia principal. Mesmo aos argumentos e informações importantes, deve-se dedicar o tempo estritamente necessário. 3 Mensagens concisas contribuem para que o candidato tire o máximo proveito do espaço no papel. As frases extravagantes nada acrescentam ao conteúdo. Pior: prejudicam. Em nome da concisão, é claro, não se devem sacrificar as idéias importantes nem eliminar as considerações pertinentes. O ideal está no perfeito equilíbrio entre os dados que se pediram e aqueles que se oferecem. Coesão. Todas as partes da mensagem devem guardar relação entre si. Para isso, não se deve avançar aos saltos e retroceder para completar idéias que se deixaram incompletas em parágrafos anteriores. Cada oração deve vincular-se com a seguinte. Também entre os diversos parágrafos deve-se fazer presente a sensação natural de continuidade e interligação das diversas idéias. Chega-se, assim, à unidade e à coerência do texto. A coesão faz com que o leitor entenda mais facilmente a mensagem, fazendo-o sentir-se como que levado pela mão, ao longo dos diversos parágrafos, até o final do texto....
View Full Document

{[ snackBarMessage ]}

Page3 / 34

Para nosso estudo presente interessa-nos duas modalidades...

This preview shows document pages 3 - 5. Sign up to view the full document.

View Full Document Right Arrow Icon bookmark
Ask a homework question - tutors are online