Menos de trinta e cinco não é velho demais para a

Info icon This preview shows pages 384–387. Sign up to view the full content.

View Full Document Right Arrow Icon
menos de trinta e cinco, não é velho demais para a Luisa. Sócio minoritário parece uma coisa promissora . “Espero que a sra. Howitt possa vir também na próxima vez.” Bill Smoke, também conhecido como Herman Howitt, sorri um sorriso tímido. “Lamento dizer que a única sra. Howitt é minha mãe. Por enquanto.” “Não me diga”, responde Judith Rey. Ela olha para Luisa, que não está prestando atenção na conversa. “Achei admirável o modo como sua filha defendeu os princípios dela. Tem muita gente da nossa geração hoje que parece não ter uma orientação moral.”
Image of page 384

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
“O senhor tem toda a razão. Os anos sessenta jogaram fora o bebê junto com a água do banho. Eu e o falecido pai da Luisa nos separamos anos atrás, mas sempre tentamos passar pra ela a consciência do que é certo e do que é errado. Luisa! Dá para você se desgrudar da televisão por um minuto, por favor, minha querida? O Herman vai ficar achando… Luisa? Lulu, que foi?” O locutor anuncia: “A polícia confirma que entre as doze pessoas que morreram no Lear Jet que caiu hoje, nas montanhas Rochosas no Colorado, estava o presidente da Seaboard Power, Alberto Grimaldi, o executivo mais bem pago do país. As investigações preliminares das autoridades aéreas indicam que houve uma explosão causada por um defeito no sistema de combustível. Os destroços da aeronave estão espalhados por uma área de vários quilômetros quadrados…” “Luisa, Lulu?” Judith Rey ajoelha-se ao lado da filha, que contempla estupefata as imagens de peças do avião distorcidas caídas numa plantação de milho. “Mas que… horror !” Bill Smoke saboreia um prato complexo, cujos ingredientes nem ele, o cozinheiro, seria capaz de enumerar completamente. “A senhorita conhecia algum desses infelizes?”
Image of page 385
51 Manhã de segunda. A sala da redação da Spyglass está cheia de boatos. Segundo um deles, a revista quebrou; segundo outro, o proprietário, Kenneth P. Ogilvy, vai vendê-la em leilão; ou o banco vai dar à publicação mais uma transfusão de sangue; ou o banco vai cortar a linha de crédito dela. Luisa não contou a ninguém que sobreviveu a uma tentativa de assassinato vinte e quatro horas atrás. Não quer envolver sua mãe nem Grelsch nessa história, e — tirando as contusões — tudo aquilo parece cada vez mais irreal. Ela experimenta uma sensação dolorosa de perda pessoal por conta da morte de Isaac Sachs, um homem que mal chegou a conhecer. Também sente medo, mas o melhor é se concentrar no trabalho. O pai lhe dizia que os fotógrafos de guerra contavam que se sentiam imunes ao medo por efeito da lente da câmara; hoje isso lhe parece fazer muito sentido. Luisa anota os fragmentos da conspiração, formando um diagrama que parece um arbusto não aparado. Se o Bill Smoke sabia que o Isaac tinha virado a casaca, a morte dele se explica — mas quem queria matar Alberto Grimaldi ao mesmo tempo? Os redatores gravitam em direção à sala de Dom Grelsch como de costume para a reunião das dez. Já são dez e quinze.
Image of page 386

Info icon This preview has intentionally blurred sections. Sign up to view the full version.

View Full Document Right Arrow Icon
Image of page 387
This is the end of the preview. Sign up to access the rest of the document.

{[ snackBarMessage ]}

What students are saying

  • Left Quote Icon

    As a current student on this bumpy collegiate pathway, I stumbled upon Course Hero, where I can find study resources for nearly all my courses, get online help from tutors 24/7, and even share my old projects, papers, and lecture notes with other students.

    Student Picture

    Kiran Temple University Fox School of Business ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    I cannot even describe how much Course Hero helped me this summer. It’s truly become something I can always rely on and help me. In the end, I was not only able to survive summer classes, but I was able to thrive thanks to Course Hero.

    Student Picture

    Dana University of Pennsylvania ‘17, Course Hero Intern

  • Left Quote Icon

    The ability to access any university’s resources through Course Hero proved invaluable in my case. I was behind on Tulane coursework and actually used UCLA’s materials to help me move forward and get everything together on time.

    Student Picture

    Jill Tulane University ‘16, Course Hero Intern