5 Uma amostra de 050 g de um min\u00e9rio de ferro contendo Fe 2 O 3 foi dissolvida

5 uma amostra de 050 g de um minério de ferro

This preview shows page 77 - 80 out of 165 pages.

5. Uma amostra de 0,50 g de um minério de ferro contendo Fe 2 O 3 foi dissolvida em ácido e todo o ferro foi convertido em Fe 2+ . A solução foi titulada com 24,50 mL de solução 0,040 mol/L de permanganato de potássio, obtendo-se Mn 2+ e Fe 3+ como produtos. Que percentagem do minério é composta por Fe 2 O 3 ?
73 6. O tiossulfato de sódio hidratado não pode ser utilizado como padrão primário em titulações, pois contém água em quantidade variável e apresenta eflorescência (dá origem a cristalitos anidros na superfície de cristais hidratados). O iodato de potássio é frequentemente usado como padrão primário na padronização de soluções de tiossulfato. Trezentos miligramas (300,0 mg) de iodato de potássio (dissolvido em meio ácido e em excesso de iodeto de potássio) foram titulados com 48,00 mL de solução de tiossulfato de sódio penta-hidratado. Calcular a concentração exata, em quantidade de matéria, da solução de tiossulfato, sendo dadas as equações: IO 3 - (aq) + 5 I - (aq) + 6 H + (aq) 3 I 2(aq) + 3 H 2 O (l) I 2(aq) + 2 S 2 O 3 2- (aq) 2 I - (aq) + S 4 O 6 2- (aq) 7. Vinte e cinco mililitros (25,00 mL) de uma solução de permanganato de potássio reagiram com uma solução de iodeto de potássio, em meio ácido. O iodo molecular liberado foi titulado com 40,00 mL de solução 0,10 mol/L de tiossulfato de sódio. Calcule a concentração, em quantidade de matéria, da solução de permanganato e a concentração em gramas de KMnO 4 por litro da solução. 8. Uma amostra de 1,622 g de iodo (I 2(s) ) impuro foi dissolvida em água suficiente para um volume final de 250,0 mL. Vinte e cinco mililitros (25,00 mL) desta solução consumiram 19,90 mL de solução de tiossulfato de sódio penta-hidratado a 13,02 g/L. Qual é a percentagem (m/m) de iodo molecular na amostra? 9. Na padronização de uma solução de tiossulfato de sódio penta-hidratado , 1,1780 g de dicromato de potássio foram dissolvidos em exatamente 250,00 mL de água. Para se titular 25,00 mL desta solução (na presença de excesso de iodeto de potássio), foram gastos 23,40 mL de solução de tiossulfato. Calcular a concentração exata, em quantidade de matéria, da solução-amostra (considerar a água de hidratação nos cálculos). 10. O método de determinação do cloro ativo em soluções de alvejantes (água sanitária, por exemplo) baseia-se na reação do hipoclorito presente nestas soluções com iodeto de potássio em meio ácido. O iodo liberado equivale ao cloro ativo ou disponível e é titulado com uma solução padrão de tiossulfato de sódio. Três alíquotas de 20,00 mL de água clorada foram tratadas com iodeto de potássio e em seguida tituladas com solução de tiossulfato de sódio 0,1 mol/L (f c = 0,965). Foram consumidos os seguintes volumes de solução-padrão:
74 Determinar a concentração da solução-amostra em gramas de cloro ativo por litro de solução.

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture

  • Left Quote Icon

    Student Picture